sábado, 1 de setembro de 2012

Angola encerra campanha eleitoral com MPLA como favorito


José Eduardo dos Santos, presidente de Angola: praticamente reeleito
 
Luanda – Angola encerra nesta quarta-feira sua campanha para a eleição geral desta sexta-feira, a segunda no país desde o fim da guerra civil, em 2002, com o partido governamental Movimento Popular para a Libertação de Angola (MPLA) como favorito.
 
O presidente do país, José Eduardo dos Santos, encerrou a campanha do MPLA em um grande evento realizado ao lado do estádio Onze de Novembro, em Angola, no qual defendeu que seu grupo político ”é o partido da verdade, do presente e do futuro”.
 
”Não escondemos as dificuldades que o país vive. Somos realistas e pragmáticos. O MPLA estuda os problemas, identifica os caminhos para resolvê-los e explica ao povo”. disse Santos, que está na presidência angolana desde 1979.
”Existe os que prometem muito. Prometer é fácil, sobretudo quando não se conhece as responsabilidades do Estado”, disse o líder em referência aos partidos opositores.
 
Isaias Samakuva, líder do principal partido da oposição, a União Nacional para a Independência Total de Angola (Unita), defendeu eleições transparentes no ato de encerramento da campanha de seu partido, em Huambo.
 
Nesta quinta-feira será realizada uma jornada de reflexão em Angola, por isso qualquer ato de campanha está proibido. Na sexta-feira, 9,7 milhões de angolanos estão convocados para votar e escolher os 220 deputados da Assembleia Nacional. As eleições serão acompanhadas por 88 observadores estrangeiros.
 
Os mais votados da lista do partido vencedor serão nomeados presidente e vice-presidente do país. Há apenas uma década, a ex-colônia portuguesa pôs fim a um conflito armado que durou 27 anos e colocou em campos opostos o MPLA e a Unita.
 
As eleições de sexta-feira serão as terceiras realizadas em Angola desde sua independência, em 1975.
Fonte: – http://feedproxy.google.com/~r/ExameMundo/~3/pmcrbnDdhOc/angola-encerra-campanha-eleitoral-com-mpla-como-favorito