terça-feira, 1 de novembro de 2011

Quilombo dos Luizes continua a luta pela terra em Belo Horizonte


A luta do Quilombo dos Luizes pelas suas terras


Comunicamos que o quilombo dos Luízes tem sofrido junto a (in)justiça desta nação uma grande derrocada diante da invasão da propriedade pleiteada, através de processo tramitando no INCRA, e paralisado desde 2008, pois, após a elaboração do RTID, nenhuma outra ação foi demanda, nem mesmo a publicação do mesmo. A nossa questão se agrava, na medida em que novas construções vão sendo edificadas em nosso território, pois, a alegação do não andamento do processo de titulação, segundo consta, está paralisada em função das construções já existentes no território.
A DPU através de sua acessoria de comunicação, está articulando uma audiência em Brasília, com o juiz titular que concedeu a Liminar que paralisou por 36 dias o empreendimento da Construtora Patrimar/Novolar em terras quilombolas, e que após este prazo, através de juiz substituto, derrubou a mesma.
Fato é que precisamos de recursos financeiros para deslocamento, bem como apoio por parte de parceiros envolvidos nas questões quilombolas para que tal procedimento ocorra.
A Comunidade dos Luízes, solicita um posicionamento da Federação Quilombola de MG - N'Golo, dentro de suas possibilidades, no apoio e divulgação desta nota, uma vez que as obras estão em processo cada vez mais acelerado, e as instâncias públicas do poder não nos tem apontado nenhuma solução para o problema que de forma tão ampla, compromete o processo de titulação, e abre caminho para que outros venham usurpar ainda mais o território ancestralmente ocupados por nossos familiares.
Att,
Associados Quilombolas dos Luízes - Belo Horizonte  - Minas Gerais